A Cultive

Ensinamos você a produzir o seu próprio remédio.

Cultivando seus direitos

A Cultive – Associação de Cannabis e Saúde floresce no cenário nacional para preencher a grave lacuna provocada pelo estado de ilegalidade da cannabis, fato pelo qual grande número de pacientes em potencial encontram-se privados de seus benefícios terapêuticos.

Formada por pessoas que se uniram solidariamente, a Cultive realiza atividades educativas e pedagógicas com o objetivo de disseminar os benefícios terapêuticos da Cannabis e ampliar o acesso para aqueles que poderiam se beneficiar da planta para o tratamento de suas enfermidades. Somos uma entidade sem fins lucrativos que tem como missão favorecer a produção de Cannabis por seus integrantes, a fim de assegurar o direito alienável ao acesso pleno à saúde através do autocultivo.

A Cultive conta com o apoio de setores específicos da sociedade civil, protagonizada por familiares e pacientes e amparada por advogados e renomados pesquisadores de distintas áreas do conhecimento. Para combater o estigma, o preconceito e garantir direitos, nossa associação acredita em conceitos como a autonomia, a redução de danos, direito ao livre arbítrio na escolha dos processos de cura com respaldo médico, isonomia.


Somos uma associação sem fins lucrativos.

A Cultive e nenhum de seus membros comercializam nada, nenhum produto a base de cannabis e também não apoiamos e nem trabalhamos com nenhuma loja e nenhum fornecedor de óleo.

Missão

  • Representar os interesses e anseios das pessoas que necessitam da planta cannabis como medicina;
  •  Garantir acesso gratuito para os necessitados, promovendo igualdade;
  • Incentivar o cultivo de cannabis;
  • Fomentar pesquisas, testes e ensaios clínicos, com todas as substâncias da cannabis;
  • Realizar campanhas socioeducativas sobre os benefícios das terapias com cannabis;
  • Demandar pela reforma das leis e políticas sobre drogas.

Visão

Ser reconhecida como uma instituição de acolhimento às pessoas, promovendo acesso a cannabis com igualdade para manutenção do bem-estar e qualidade de vida.

Desta forma, sonhamos com um mundo sem preconceitos e com compaixão, onde as pessoas vejam os usuários de cannabis, com respeito e dignidade.

Valores

  • Autonomia,
  • Isonomia,
  • Integridade,
  • Transparência,
  • Respeito,
  • Responsabilidade ética e social,
  • Sustentabilidade,
  • Humildade,
  • Humanidade,
  • Inclusão Social,
  • Solidariedade.

Início da Cultive

Em julho de 2013, Cidinha encontra na internet o caso de Charlote Figi, uma menina também portadora da Síndrome de Dravet. O seu tratamento era realizado com óleo de maconha, apresentando o quadro antes e depois.

Cidinha achou incrível, pois o caso era igual de sua filha Clarian. Imediatamente mostrou o fato ao seu marido e pensou em buscar no tráfico, mas, antes disso, começou a verificar artigos relacionados ao assunto e leu sobre CBD e THC.

Em 2013, falavam que THC era uma substância perigosa. Com isso, se preocupou em pegar uma cepa com alto THC e perder a filha na tentativa de acertar.

Em agosto do mesmo ano, mandou essa matéria para a neuro da Clarian e continuou enviando várias evidências de melhoras com a Cannabis. Em novembro a médica informou que iria a um congresso em Boston sobre crianças com Dravet sendo tratadas com a Cannabis.

No final de 2013, criei a página Síndrome de Dravet Brasil, no Facebook, para encontrar mães de crianças com a mesma dificuldade, com o propósito de buscar a cura e o alívio.

Esse alívio seria a Cannabis. Muitas mães procuraram a Cidinha com crianças de várias síndromes.

Após esta constatação a Cultive foi Criada

Equipe

Cida Carvalho - Presidente

Mãe de Clárian, portadora de síndrome de Dravet e paciente de cannabis terapêutica. Primeira mãe de São Paulo a ter o direito judicial de cultivar cannabis, bancária e
Presidente da CULTIVE -Associação de Cannabis e Saúde , membro da PBPD – Plataforma Brasileira de Política de Drogas e Coordenadora do núcleo de saúde do Instituto Luz do Faroeste.

Fabio Carvalho – Diretor Executivo

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat. Duis aute irure dolor in reprehenderit in voluptate velit esse cillum dolore 

Danilo Ferro – Mídia e Design

Membro e responsável pela área de comunicação da Cultive e também da Dravet Brasil, grupo formado por pais que organizam encontros e grupos de estudos/pesquisa em parceria com Unicamp e ABE – Associação Brasileira de Epilepsia. É profissional de comunicação com mais de 20 anos de experiência na área de design e publicidade. Empresário e designer gráfico. Pai da Livia, criança diagnosticada com Síndrome de Dravet aos 2 anos de vida.

Giordano Magri – Advogado e Articulação Política

Membro da Cultive – Associação Cannabis e Saúde, advogado formado pela Universidade de São Paulo, mestre em Administração Pública e Governo pela Fundação Getulio Vargas, pesquisador associado do Centro de Estudos de Cultura Contemporânea (CEDEC) e do Núcleo de Estudos da Burocracia (NEB-FGV) e assessor parlamentar do Vereador Eduardo Suplicy.

Renata Monteiro – Farmacêutica

Renata Monteiro, Farmacêutica, pós graduada em homeopatia e Cosmetologia, membro da comissão de plantas medicinais e fitoterapia do conselho regional de farmácia CRF -Sp, proprietária da ORTHOFARMA Farmácia de manipulação e homeopatia
Farmacêutica da CULTIVE associação de Cannabis e saúde, membro fundadora da SBEC sociedade Brasileira de estudos da Cannabis , diretora científica do INSTITUTOJUREMA- Instituto de estudo e pesquisa das terapias ancestrais , membro da RENFA – Rede nacional feminista e antiproibicionista

Renato Filev - Neurocientista

Bacharel em Ciências Biológicas: Modalidade Médica. Doutor em Neurociências, ambos pela Universidade Federal de São Paulo. Pós-doutorando pelo Departamento de Psiquiatria e Psicologia Médica da mesma instituição. Pesquisador do CEBRID – Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas. Coordenador científico da Plataforma Brasileira de Política de Drogas. Conselheiro no Conselho Estadual de Política de Drogas de São Paulo – CONED. Membro da SBNeC – Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento e da Cultive – Associação Cannabis e Saúde. Membro fundador da CANAPSE – Associação de Canabiologia, Pesquisa e Serviços.

Vinicius Alvarenga – Administrador

Administrador de empresas  com uma vivência prática intensa, adquirida em empresas de grande porte e em segmentos distintos. Nos últimos vem atuando em iniciativas sociais trazendo todo conhecimento prático adquirido nos últimos 20 anos como executivo e consultor objetivando o aprimoramento e profissionalização das gestão de empresas sociais. 

Janaina Rubio - Biologa

Bacharel em Ciências Biológicas – ênfase em Biotecnologia. Desenvolveu práticas e projetos na área de Fitoterapia e cultura de tecidos vegetais in vitro 

Realizou intercâmbio na Universidad de La Rioja (Espanha) em Ingeniería Técnica Agrícola en Hortofruticultura y Jardinería durante a graduação. Mestre e doutora em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de São Paulo/UNIFESP-EPM. 

Realiza pesquisas na área de uso, abuso e dependência de substâncias psicoativas na perspectiva da Redução de Danos, além de estudos em relação ao uso terapêutico da maconha. 

Atualmente pesquisadora colaboradora do Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas/CEBRID. Membro da Cultive – Associação Cannabis e Saúde e Instituto Jurema

Dr. Elisaldo Carlini – Diretor Técnico

Professor Elisaldo Carlini Membro Fundador e Diretor Científico da Cultive nos deixou este ano nos presenteando com seu inestimável legado e sua história brilhante em defesa das práticas terapêuticas com a Cannabis e seus componentes. Por sua honra e memória a Cultive busca levar os ensinamentos do Prof. Carlini a todas as pessoas que podem se
beneficiar do tratamento com a Cannabis  cultivada.

Receba novidades em seu e-mail

Cadastre-se e fique por dentro das novidades da Cultive e das discussões sobre Cannabis Medicinal no Brasil.